O PROGRAMA MAIS MÉDICOS DO GOVERNO FEDERAL: um aporte pedagógico na saúde para a construção da cidadania

Autores

  • Keula Maria de Andrade Rodrigues Centro Universitário Euro-Americano UNIEURO-DF

DOI:

https://doi.org/10.18569/tempus.v9i4.1743

Palavras-chave:

Educação. Saúde. Programa Mais Médicos. Revalida. Política Pública

Resumo

O presente artigo trata da celeuma que a implementação da política pública – Programa Mais Médicos – do Governo Federal, causou quando do seu início. Partindo de um contexto histórico do SUS – Sistema Único de Saúde – se analisam a repercussão na mídia e sociedade, bem como entrevistas de representantes da classe médica, governamentais e da própria população, fazendo também um aporte pedagógico do programa como facilitador ao ingresso do médico brasileiro formado no exterior, no mercado de trabalho do país, mediante Exame Revalida.

Biografia do Autor

Keula Maria de Andrade Rodrigues, Centro Universitário Euro-Americano UNIEURO-DF

Professora da SEDF, mestre em Ciência Política na linha de pesquisa em Direitos Humanos minorias civis.

Referências

Downloads

Publicado

2015-12-31