Internato rural em saúde coletiva com ênfase em saúde da família e Programa Mais Médicos: uma proposta de integração para a formação médica.

Autores

  • Valdir Francisco Odorizzi Fundação- Universidade Federal do Tocantins- UFT
  • Kezia Cristina Araujo de Noá Fundação- Universidade Federal do Tocantins- UFT
  • Analice Oliveira da Cruz Fundação- Universidade Federal do Tocantins- UFT
  • Rogério Ferreira Marquezan Fundação- Universidade Federal do Tocantins- UFT
  • Ana Letícia Covre Odorizzi Fundação- Universidade Federal do Tocantins- UFT

DOI:

https://doi.org/10.18569/tempus.v9i4.1731

Palavras-chave:

Educação em Saúde, Formação Acadêmica, Programas Políticos em curso, Sistematização das Políticas em Saúde.

Resumo

O presente trabalho apresenta uma proposta que visa promover a formação ética, técnica e política dos acadêmico-multiplicadores participantes, fato de fundamental importância no processo de educação em saúde, instrumentalizando a problemática e o mecanismo reflexão sobre a realidade de trabalho médico no interior do país. Essa proposta ainda acrescenta a concepção de um processo de formação acadêmica ao mesmo tempo inovadora e inclusiva, que permitirá a visualização dos programas políticos em curso, e também a auto-identificação e o reconhecimento dos acadêmicos de medicina, como protagonistas do processo, desafiando as abordagens tradicionalmente utilizadas nos cursos de Medicina e da Sistematização das Políticas de Saúde; justificando-se plenamente.

Referências

- Lima, E.K,.C. A Dura Realidade da Profissão Médica no Interior do Brasil. Em: http://www.soartigos.com/articles/196/1/A-Dura-Realidade-da-Profissao-Medica-no-Interior-do-Brasil-/Inva

- Paul, P. Visão Transdisciplinar na Saúde Pública Junho de 2000. Em http://cetrans.com.br/textos/visao-transdisciplinar-na-saude-publica.pdf.

- O interior ainda não atrai os médicos. Em: http://www.sescsp.org.br/sesc/revistas_sesc/pb/artigo.cfm?Edicao_Id=334&Artigo_ID=5216&IDCategoria.

- Flor A. Levar médicos para o interior é desafio para governo brasileiro. Em: http://www.adital.com.br/site/noticia2.asp?lang=PT&cod=10968.

- Maciel Filho R, Branco MAF. RUMO AO INTERIOR: MÉDICOS, SAÚDE DA FAMÍLIA E MERCADO DE TRABALHO. Editora Fiocruz; 2008. 205 pp.

Disponível em: https://maismedicos.saude.gov.br/

- Nogueira, Maria Inês. (2009). As mudanças na educação médica brasileira em perspectiva: reflexões sobre a emergência de um novo estilo de pensamento. Revista Brasileira de Educação Médica, 33(2), 262-270. Retrieved September 27, 2015, from http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-

&lng=en&tlng=pt. 10.1590/S0100-55022009000200014.

- Lampert, JB. Avaliação do processo de mudança na formação médica. In: Marins, JJN (et al.), org. Educação médica em transformação: instrumentos para a construção de novas realidades. São Paulo: Hucitec, 2004.

Downloads

Publicado

2015-12-31