Trabalho em hospitais

Autores

  • Ana Maria Malik Malik Universidade de Brasilia Núcleo de Estudos de Saúde Publica

DOI:

https://doi.org/10.18569/tempus.v6i4.1205

Palavras-chave:

trabalho em hospitais, gestão de pessoas em organizações de saúde, processos de trabalho em hospitais.

Resumo

Os hospitais, como organizações dependentes, ao mesmo tempo, de trabalho e de capital, devem considerar prioritária a gestão de pessoas. As organizações de saúde vêm sendo descritas como compostas de pessoas cuidando de pessoas. Nelas, principalmente nos hospitais, o propósito de cura era o mais perseguido no século XX. Desde o final desse e com mais ênfase após o ano 2000 a ênfase na cura deu lugar à percepção da necessidade docuidado (cure vs care). O processo de cuidado obriga a repensar os interesses envolvidos na organização e, para tal, identificar os diferentes grupos é fundamental. Este trabalho foi desenvolvido a partir de revisão bibliográfica não sistemática, considerando as pessoas conforme os agrupamentos em que costumam ser inseridas por quem observa esse tipo de organização. A comunicação aparece como fator crítico para a realização dos objetivos da assistência.

Biografia do Autor

Ana Maria Malik Malik, Universidade de Brasilia Núcleo de Estudos de Saúde Publica

Professora adjunta do Departamento de Saúde Coletiva, da Universidade de Brasília (UnB). Possui doutorado em Ciência da Informação pela UnB, mestrado em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, especialização em Administração da Comunicação Empresarial e graduação em Jornalismo e Relações Públicas. Atualmente é coordenadora do Centro de Tecnologias Educacionais Interativas em Saúde, da Faculdade de Ciências da Saúde (CENTEIAS/FS) e pesquisadora colaboradora do Núcleo de Estudos em Saúde Pública da UnB (NESP/CEAM/UnB), onde coordena a Unidade de Tecnologias da Informação e Comunicação em Saúde. Líder do Grupo de Estudos e Pesquisas em Informação em Comunicação em Saúde Coletiva (CNPq-Brasil). Foi consultora em projetos de inclusão digital para o Ministério das Comunicações. Tem experiência nas áreas das Ciências da Informação e da Comunicação com ênfase em Comunicação da Informação, atuando principalmente nos seguintes temas: informação e comunicação em saude, tecnologias da informação e comunicação em saúde, inclusão digital, alfabetização em informação e em comunicação, redes sociais e ensino a distância.

Downloads

Publicado

2012-12-31

Edição

Seção

ARTIGOS ORIGINAIS