Determinantes na funcionalidade de idosos da estratégia saúde da família – revisão integrativa

Adriano Drummond Drummond, Elioenai Dornelles Alves

Resumo


O envelhecimento pode ser acompanhado de alterações funcionais, e a Estratégia Saúde da Família (ESF) é um programa que atende a uma grande demanda de idosos da comunidade. Objetivo: descrever quais os fatores determinantes na funcionalidade de idosos atendidos pela ESF. Metodologia: tratase de uma revisão integrativa da literatura, de artigos publicados em três (3) bancos de dados, de 2001 a 2011, de acordo com os descritores idoso, Programa Saúde da Família, aptidão física e funcionalidade. Resultados: fatores intrínsecos como idade avançada, o sexo feminino e apresentar doenças, como diabetes, hipertensão arterial e outras reumáticas e neurológicas, influenciam tanto quanto fatores extrínsecos ou socioeconômicos e demográficos, como o baixo nível de renda e de escolaridade. Conclusão: a dependência funcional variou entre 4,2 a 55%, com vários fatores de influência, os quais devem ser avaliados por cada equipe Saúde da Família para uma proposta de intervenção mais eficaz.

Palavras-chave


Idoso; Programa Saúde da Família; Aptidão Física; Funcionalidade

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18569/tempus.v6i4.1209



Direitos autorais

Revista Tempus - Actas de Saúde Coletiva (ISSN 1982-8829).
Revista coordenada pela Unidade de Tecnologias da Informação e Comunicação em Saúde (UTICS) do Núcleo de Estudos de Saúde Pública (NESP) da Universidade de Brasília (UnB).
Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Compartilhamento pela mesma licença 3.0 Unported License.
____________________________________

____________________________________